Nesta quarta-feira, 12 de abril, às 9h, Nós, mulheres da Periferia vamos realizar a exibição do documentário Nós, Carolinas na Associação de Mulheres Amigas de Jova Rural, na zona norte de São Paulo.
O espaço realiza atividades do Núcleo de Convivência de Idosos e foi onde conhecemos Dona Carolina Augusta de Oliveira, personagem homenageada que dá nome ao documentário, que participou das oficinas que desenvolvemos no local pelo projeto Desconstruindo Estereótipos.

Dona Carolina Augusta de Oliveira  / crédito: Vinicius Bopprê

Dona Carolina Augusta de Oliveira / crédito: Vinicius Bopprê

Crédito: Dona Carolina, uma das entrevistadas


 
Este é o primeiro documentário realizado pelo grupo e apresenta vivências de mulheres moradoras de quatro regiões diferentes da capital paulista. Durante a exibição do vídeo, o público transita entre bairros e experiências de vidas relatadas em primeira pessoa.
Racismo, solidão, maternidade e a busca da autoestima são alguns dos temas levantados sobre as condições de ser mulher, negra e periférica. As entrevistadas, que têm entre 18 e 93 anos, embora possuam trajetórias diferentes, estão conectadas por elementos cotidianos, como os impactos do machismo e desigualdades raciais e sociais ainda presentes no Brasil.
Exibição Nós, Carolinas na Jova Rural
Data: 12/4, às 9h.
Local: Associação de Mulheres Amigas de Jova Rural (NCI Jova Rural) – Rua Roberto Lanari, 998 – Jova Rural.