Neste sábado, 25 de março, o Coletivo Fala Guerreira realiza mais uma edição do evento “Periferia Segue Sangrando” no Jardim Ibirapuera, zona sul de São Paulo. “O evento parte da vontade de nos encontrar para falar de nós e da necessidade de nos cuidar, nos olhar e nos amar”, afirmam as organizadoras.
O “Fala Guerreira” é formado por mulheres residentes na periferia de São Paulo, que busca dar voz e visibilidade as mulheres periféricas a partir das vivências e histórias que carregam.

É para bradar porque o sangue que escorre também é o nosso e não vamos nos calar! Vamos gritar alto e forte porque um coro de mulheres pobres, pretas, faveladas é potente, é vida, é a nossa resposta ao silêncio imposto a nós!

Primeira edição da Revista Fala Guerreira | crédito: divulgação Facebook

Primeira edição da Revista Fala Guerreira | crédito: divulgação Facebook


No mesmo dia, haverá o lançamento da quarta edição da Revista Fala Guerreira, que, nesta edição conta com colaboração de reportagens e fotos do Nós, Mulheres da Periferia. Leia aqui as edições anteriores.
Confira a programação detalhada
– 15h às 18h – Círculo de mulheres (exclusivo para mulheres cis, trans e viadas)
– 18h às 19h – Lançamento da “FALA GUERREIRA 4 – Especial LatinoAmerica”
– 19h às 20h – Sarau Mulheres Latinas
– 20h – Cortejo pelas ruas do Jardim Ibirapuera
– 22h – Festejo de encerramento: Alegria Y rebeldia

Veja como chegar
A festa acontece na sede do Bloco do Beco, que fica na rua Bento Barroso Pereira, 2 , no Jardim Ibirapuera.
No Terminal João Dias pegar 6801/10 _ Jd Ibirapuera e pedir pra descer no ponto final do Jd. Ibirapuera
No Terminal Santo Amaro pegar 6007 _Pq. Santo Antonio e pedir para descer no ponto final do Jd. Ibirapuera
 
 

Comentários:

Comments are closed.