Crédito: Wesley Alcoforado

Crédito: Wesley Alcoforado


Se eu quiser rodar eu rodo
Mas e você?
Não roda?
Ah, você só fala mal de quem roda?
O teu sono tá em dia?
Tem louça suja na pia?
A tua caretice anda contigo todos os dias?
A tua namorada não é rodada?
Cai na real!
Não são os teus valores sociais que nos definem como mulher
para casar
ou para rodar.
Teu pré-conceito suspeito bate no meu peito e me impulsiona
a rodar,
girar.
Ver o mundo na velocidade que me agradar
Alguém dê um jeito nessa gente parada!
 
Jaqueline Maia é de Chapecó, Santa Catarina.
Colabore você também com a gente. Envie seu texto para contato@nosmulheresdaperiferia.com.br