Entre os meses de março e abril o Sesc Interlagos recebeu o projeto “Generalidades: Sexualidade em Trânsito” e como o resultado de uma destas atividades exibe até o dia 30 de junho a exposição “Identidade que não cabe no RG” , realizada pela Cia Janela do Coletivo.
Foram 16 mulheres entrevistadas e fotografadas pela artista Tatit Brandão, que buscou em conversas informais com cada uma delas, o significado da palavra mulher, partindo sempre de suas vivências e observações. Cada uma dessas mulheres tem seu retrato e sua fala estampados e distribuídos no formato de lambe-lambe em cinco grandes paineis. A entrada é gratuita.
Entre as participantes, estão ativistas feministas bem conhecidas como Djamila Ribeiro (pesquisadora de Filosofia Política), blogueiras Jéssica Ipólito (do Gorda e Sapatão), Clara Averbuck e Mari Messias (do Lugar de Mulher) e  MCs Luana Hansen e Tiely Queen. Além da cantora Fabiana Cozza e a jornalista especializada em games e cultura pop Flavia Gasi.
E para tirar da invisibilidade as mulheres que geralmente não são vistas nem ouvidas, foram convidadas para fazer parte da composição desse mosaico feminino, mulheres como a Dona Eulina, a Marta e a haitiana Isemene – todas trabalhadoras da área de cozinha e limpeza do Sesc.

Galeria
 
Anote o endereço
Avenida Manuel Alves Soares, 1.100 – Parque Colonial – 
Tel: 5662 9500
Como chegar? De ônibus, saindo do Centro: Linha 5317-10 (SESC-ORION – Praça do Correio). De trem: Estação mais próxima: Jd. Primavera-Interlagos, da linha Esmeralda
Quando? até 30 de junho de 2015 – de quarta a dom. e feriados, das 9h às 17h

Sobre a autora:

Mayara Penina

Mayara Penina

Mayara é jornalista e moradora do Campo Limpo, zona sul de São Paulo.