No dia 25 de julho a Marcha das Mulheres Negras vai às ruas do Centro de São Paulo para denunciar o racismo, o machismo, a LGBTfobia, o genocídio e as reformas previdenciária e trabalhista.  O ponto de saída será na Praça Roosevelt, no centro de São Paulo, a partir das 17h e irá até o Largo do Paissandú.
A iniciativa celebra o Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha, instituído em 1992 no I Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas, que teve como proposta dar visibilidade à luta de mulheres negras no continente.

Créditos: Daisy Serena

Créditos: Daisy Serena


Celebrado há anos por movimentos sociais no Brasil, a data foi oficialmente reconhecida no país em 2014.
Não deixe de ver: