Nesse sábado (24) vão acontecer dois eventos com lançamento de livros e roda de conversa sobre feminismo em diferentes espaços na periferia de São Paulo.
Na zona leste, o bate papo acontece na Biblioteca Cora Coralina, em Guaianases, às 15h, com a escritora e socióloga Ludmilla Costhek Abílio, autora de “Sem maquiagem – o trabalho de um milhão de revendedoras de cosméticos”, obra que integra a Coleção Dia da Mulher é dia da luta Feminista, da Boitempo Editorial.
O livro apresenta a pesquisa que Ludmilla realizou sobre o trabalho informal de revendedoras de cosméticos. A mediação do debate será realizada pela educadora Camila Freitas, poeta e organizadora do projeto Tenda Literária e integrante do grupo Semente Criola. No encontro vai acontecer um sarau e apresentação musical de RAP.
A Biblioteca Cora Coralina fica na rua Otelo Augusto Ribeiro, 113, em Guaianases.

angela-davis-rosane-borges

Capa do livro sobre Ângela Davis. Crédito: Divulgação


Já na zona norte, a Boitempo Editorial e o Centro Cultural da Juventude promovem o lançamento de “Mullheres, raça e classe”, obra clássica da ativista norteamericana Angela Davis, uma das referências do feminismo negro, e que tem sua primeira edição traduzida no Brasil.
Com o tema “Angela Davis e a revolução da mulher negra”, o lançamento terá um debate com a presença da secretária municipal de direitos humanos, Djamila Ribeiro e Rosane Borges, professora Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação da USP, e mediação de Juliane Borges.
O evento acontece a partir das 17h. O Centro Cultural da Juventude fica na Avenida Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha.
 

Sobre a autora:

Lívia Lima

Jornalista, mestre em Estudos Culturais e moradora de Artur Alvim, zona leste de São Paulo.