Em homenagem ao Dia da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, comemorado no dia 25 de julho, o evento Julho das Pretas neste sábado (18) das 13h às 18h, realizará no bairro da Armênia, o encontro “Nossos Passos vêm de longe – narrativas de mulheres negras”.

Julho das pretas

Encontro “Nossos Passos vêm de longe – narrativas de mulheres negras”


Durante o encontro serão discutidos assuntos como saúde da mulher negra, 25 de julho e feminismo negro, a importância da Marcha das Mulheres Negras, mulheres negras e o genocídio da juventude negra, mulheres negras construindo novas narrativas e representações. Além de apresentações culturais com Tula Pillar, MC Soffia e exibição dos vídeos: “Qual é o pente” de Juliana Santos; Clip “Negras em Marcha” de Luana Hansen.
Confirme presença no evento no Facebook
Amanhã estarão presentes Nilza Iraci, coordenadora executiva do Geledés – Instituto da Mulher Negra; Francilene Gomes, Mães de Maio; Giselle dos Anjos Santos, historiadora, mestre em Estudos de Gênero, consultora do CEERT (Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades) na área da Educação. Compõe o Núcleo Impulsor do Estado de SP da Marcha das Mulheres Negras; Luciana Araújo, jornalista e militante do PSOL; Kiusam de Oliveira, Doutora em Educação e Mestre em Psicologia pela USP.
Organizado pelo Núcleo Impulsor do Estado de São Paulo da Marcha das Mulheres Negras 2015, o evento acontecerá no Centro de Formação do Sindicato dos Profissionais em Educação no Ensino Municipal e fica Rua Guaporé, 240, na Armênia.