Nesta quinta-feira, 16 de março, Nós, mulheres da Periferia vamos realizar a exibição do documentário Nós, Carolinas no CIEJA Campo Limpo, na zona sul de São Paulo, às 20h.
O espaço foi um dos locais onde realizamos as atividades do projeto Desconstruindo Estereótipos que deu origem ao documentário e onde conhecemos Joana Ferreira, uma das personagens do vídeo. Ambos os projetos foram financiados pelo VAI (Programa de Valorização às Iniciativas Culturais) da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo.

Joana Ferreira, personagem de Nós, Carolinas (Vinicius Broppê)

Joana Ferreira, personagem de Nós, Carolinas (Vinicius Broppê)


Este é o primeiro documentário realizado pelo grupo e apresenta vivências de mulheres moradoras de quatro regiões diferentes da capital paulista. Durante a exibição do vídeo, o público transita entre bairros e experiências de vidas relatadas em primeira pessoa.
Leia mais: Filme “Nós, Carolinas” questiona invisibilidade de moradoras das margens da cidade de São Paulo
Racismo, solidão, maternidade e a busca da autoestima são alguns dos temas levantados sobre as condições de ser mulher, negra e periférica. As entrevistadas, que têm entre 18 e 93 anos, embora possuam trajetórias diferentes, estão conectadas por elementos cotidianos, como os impactos do machismo e desigualdades raciais e sociais ainda presentes no Brasil.
Exibição Nós, Carolinas no CIEJA Campo Limpo
Data: 16/3, às 20h.
Endereço: CIEJA Campo Limpo –  Rua Cabo Estácio da Conceição, 176 – Parque Maria Helena – São Paulo.