Nesta edição de nossas Dicas da Semana a gente se pergunta: ser mulher é difícil, né? Como segurar essa barra? Bem, a gente sabe que sempre temos mais dias de luta que de glória, mas convidamos vocês a refletir e aproveitar o que for possível, nos apoiando umas nas outras. Vamos juntas?!

Slam das Minas

Nesta sexta-feira, dia 30 de abril, às 19h, acontece no Instagram uma edição online do Slam das Minas SP.  Quem tiver interesse em participar da batalha de poesias, e concorrer à premiação da noite, pode dar um salve no perfil das minas neste post.

Essa gente que menstrua

No sábado, 1º de maio, às 21h, acontece a primeira apresentação virtual da peça “Essa gente que menstrua” da Cia Essa Gente Que, formada por mulheres periféricas que desenvolvem a pesquisa e trabalho desde 2018 e adaptaram o espetáculo para o formato online.

A peça conta a história de quatro cavaleiras do feminismo que cravam as trincheiras da luta contra o patriarcado diante dos olhos do público. Com seus Corpos-Mulheres, grávidas da experiência de ser o que se é – Mulher no Século XXI, buscam parir o caminho para um novo tempo.

A apresentação acontece no perfil da Coletiva Femisistahs.

Todos os olhos em mim

Como sugestão de leitura, o Nós indica o livro “Todos os olhos em mim”, da jornalista Aline de Campos, lançado na última quinta-feira, que discute a presença do racismo nos relacionamentos inter-raciais

A obra é resultado do trabalho de conclusão de curso em jornalismo da autora e reúne diferentes passagens e histórias na vida de cada uma das pessoas ouvidas para a construção da obra, que, segundo a autora, é indicada às pessoas que não compreendem a importância da discussão sobre raça no país.

“Aliando a busca por informações sobre o assunto e analisando as relações amorosas em minha própria família – em maioria, as mulheres da minha família não são brancas, mas também não são lidas socialmente como negras pela pele clara e muitas delas casaram-se com homens negros – , surgiu a ideia de estudar relacionamentos inter-raciais”, conta a escritora.

O livro está disponível para compra no site da editora Quintal Edições.

De mãe para mãe

O Dia das Mães está chegando (9 de maio) e a nossa sugestão para presenteá-las é fortalecer o trabalho de empreendedoras e empreendedores da quebrada.

Uma iniciativa da Bora Lá – Agência de Comunicação Popular e parceiros mapeou e reuniu em um catálogo 57 negócios das periferias onde é possível escolher o presente para as mães e realizar as compras online.

O CATA LOGO de Quebrada é uma ação voluntária de apoio aos pequenos negócios das periferias da cidade de São Paulo e está disponível no link: bit.ly/catalogodemaes

 

Temas:

Sobre a autora:

Lívia Lima

Jornalista, mestre em Estudos Culturais e moradora de Artur Alvim, zona leste de São Paulo.