No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
As artistas Evelyn Queiroz e Negahamburguer ilustraram cartazes para compor a exposição da campanha “Todo dia é dia 18” que acontece no Cedeca – Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Interlagos no dia 18 de maio a partir das 14. A entrada é gratuita.
Os cartazes trazem depoimentos reais de crianças (com nomes fictícios) revelando a necessidade de que a voz de crianças e adolescentes seja escutada e levada em consideração pelos adultos, sejam eles, familiares, vizinhos, educadores, professores, conselheiros, delegados, juízes, etc.
No dia também haverá também um debate sobre o tema com a Assistente Social Sandra Paulino.  A exposição será itinerante e irá rodar vários espaços de São Paulo. Se quiser expôr em seu espaço, entre em contato com o Cedeca.
Anote o endereço:  R. Nossa Senhora de Nazaré, 51 – Cidade Dutra

Galeria