Por Pam Ribeiro, a Bruxa Preta

Mais um mês se inicia e vamos de aperfeiçoamento de quem somos ou buscamos ser. Antes, quero bater um papo sobre o que o mês anterior nos propôs. Sol em leão foi puxado, agosto nos trouxe algumas finalizações, e se não se encerrou o que trava o caminho, tudo bem, em setembro a gente continua nesse ritmo.

Sol em leão e todos os movimentos propostos para o mês de agosto eram sobre o encontro e o ego e o que fazemos com ele, até que parte ele me sustenta e até que outra parte ele me desmonta e deixa sem chão.  A questão é que, para quem encarou o papo reto do mês, já sabe o que fica e o que é melhor deixar para trás.

O mês de setembro começou com certas agitações, marcado pela entrada de mercúrio no signo de libra, a comunicação mais diplomática desse rolê, que triangula com júpiter em aquário. Provavelmente, estamos olhando para nossos diálogos e entrosamentos com toda a assertividade do elemento ar.

Como nem tudo são flores, olhar para toda essa conversa pede equilíbrio para ninguém se descabelar! O planeta júpiter tende a expandir as possibilidades, até das parcerias que buscamos enquanto contatinhos, mas tem que trazer a energia de libra para esse papo, para que tudo fique equilibrado.

No dia 6 de setembro começamos a lunação do signo de virgem e podemos esperar muito criticismo. Você deve estar se perguntando: “Mas, Pam?”. Pois é. Esse olhar crítico não tem de forma alguma que surgir como uma cobrança sobre os nossos limites e o dos outros, mas com a consciência de que não precisamos levar desaforo para casa, porque a altivez virginiana, traz essa energia de sem papas na língua. Se for para tratar a ferida, que tratemos logo, e bem feito.

Nessa lua, tudo que envolva começar novos projetos, principalmente, os profissionais é favorável. Porém, é importante estar atentos aos detalhes. Às vezes, buscamos apenas a parte boa do projeto e, neste caso, ainda mais em virgem, é preciso encarar as burocracias para não dar errado no final.

Essa lua fará uma quadratura com vênus em escorpião, que entra no dia 10 de setembro. É realmente sobre saber exterminar ciclos, inclusive, os românticos que não devem mais determinar o seu caminho, para seguir em direção ao que realmente se intui como sendo o seu propósito, dentro do possível. Falando dessa energia de vênus em escorpião…

Os detalhes, a observação em relação aos mistérios da vida e tudo o que está escondido, ficam evidentes e chamam a atenção. Talvez as aventuras sejam uma forma de buscarmos esse tesão regenerativo sobre o que estamos vivendo e como vivemos. Ela vai quadrar com júpiter, ou seja, é uma conversa bem da complicadinha.

É importante estar atento às suas finanças, aos gastos superficiais, e sensações de escassez, que tem muito mais envolvimento com condições internas, do que externas.

Compreender que, às vezes, temos tudo o que precisamos, mas não o que queremos é um passo para tornar este ciclo mais suave. Não se deixar esquecer e nem mesmo, permitir que te façam perder o próprio valor. É claro que isso acaba ressoando no plano físico, porque o dinheiro é energia, e se me falta dentro, acaba faltando fora.

Atente-se à sua consciência próspera para não ficar na mão no final do mês.

Outro movimento importante neste período é marte em libra no dia 14 de setembro. Lembra lá em cima que falei sobre os nossos parceiros? Pois bem, não se trata apenas dos afetivos, mas também dos profissionais. É bom pensar que marte estará formando um trígono com saturno. Eles conversam bem, a gente tem um crescimento no que diz respeito a fazer acontecer o que acreditamos. Inclusive, com amigos de longa data, aqueles que realmente podemos contar.

É sobre fomentar e cooperar. Não vá achando que pode tudo sozinho, hein!

Vale lembrar que no dia 28 de setembro, mercúrio fica retrógrado em libra, e vai até o dia 18 de outubro.

Ou seja, a comunicação se abala, os meios sociais ficam mais sensíveis e a gente precisa ler mais de duas vezes o que nos dizem para não levar para o pessoal.

Ao mesmo tempo, eu gosto de dizer, que retrogradações são ótimas para pausas e exercícios de silêncio que nos trazem respostas para aquilo que buscamos há tempos.

Sendo assim, aproveite esse período para uma reforma íntima e profunda!

É isso! Que venha o mês de setembro com todas as suas nuances. E sei que alguns de nós já estamos cansados de tantos aprendizados, mas, como não vai rolar correr muito deles, que ao menos possamos lidar com as ferramentas que temos nas mãos e com consciência emocional.


Bruxa Preta.

Moradora da periferia de Osasco, região metropolitana de São Paulo. Terapeuta reikiana, taróloga, astróloga, bruxa urbana e favelada. Autora do portal “A Bruxa Preta”, onde escreve sobre espiritualidade, misticismo, e universo holístico numa perspectiva decolonial e subversiva.