Neste sábado, 18 de março, às 14h, Nós, mulheres da Periferia vamos realizar a exibição do documentário Nós, Carolinas na Biblioteca Cora Coralina, em Guaianases, na zona leste de São Paulo.
A biblioteca pública, que possui a temática feminista, com uma sala exclusiva para o assunto, foi um dos locais onde realizamos gravações do documentário, especialmente a entrevista com Tarcila Pinheiro, moradora do bairro.

Tarcila Pinheiro é moradora de Guaianases e uma das entrevistadas do documentário.

Tarcila Pinheiro é moradora de Guaianases e uma das entrevistadas do documentário.


Este é o primeiro documentário realizado pelo grupo e apresenta vivências de mulheres moradoras de quatro regiões diferentes da capital paulista. Durante a exibição do vídeo, o público transita entre bairros e experiências de vidas relatadas em primeira pessoa.
Leia mais: Filme “Nós, Carolinas” questiona invisibilidade de moradoras das margens da cidade de São Paulo
Racismo, solidão, maternidade e a busca da autoestima são alguns dos temas levantados sobre as condições de ser mulher, negra e periférica. As entrevistadas, que têm entre 18 e 93 anos, embora possuam trajetórias diferentes, estão conectadas por elementos cotidianos, como os impactos do machismo e desigualdades raciais e sociais ainda presentes no Brasil.
Exibição Nós, Carolinas em Guaianases
Data: 18/3, às 14h.
Endereço: Biblioteca Cora Coralina – Rua Otelo Augusto Ribeiro, 113 – Guaianases.