O clima de carnaval já está no ar e esse mês diversas atividades vão acontecer nos bairros das periferias de São Paulo. De norte a sul, leste a oeste, todo mundo pode cair na folia.
O Nós, mulheres da periferia está apoiando a campanha #CarnavalSemAssédio, lançada no começo do mês pelo Catraca Livre, e desejamos que todas as minas, manas e monas sejam respeitadas durante as festas, que não sofram assédios, e que as brincadeiras não sejam motivos para machismo, racismo e homofobia.
Selecionamos uma lista de 10 bloquinhos que vão rolar a partir desse fim de semana até o carnaval para todas nós podermos curtir!

Império do Morro / Crédito: José Cícero da Silva / DiCampana Foto Coletivo

Império do Morro / Crédito: José Cícero da Silva / DiCampana Foto Coletivo


 
Confira!
18/2 – Bloco Trem das onze – 14h
Na zona norte, o carnaval no Jaçanã não poderia fazer melhor homenagem
Rua Irmã Emerenciana esquina com rua Irmã Filomena.


 
18/2 – Bloco da Nega Zilda – 18h
Liderado pelo grupo de teatro Pombas Urbanas, o bloco promete colorir as ruas da Cidade Tiradentes na zona leste
Av. dos Metalúrgicos, n° 2.100


 
19/2 – Bloco do Jatobá – 14h
O Bloco que homenageia o morador de Itaquera é atração para toda a família, e contará com brinquedos infláveis e fantasias para crianças, arrecadadas por doação.
Instituto Reação Arte e Cultura – Av. João Batista Conti, 1245


19/2 – Cordão do Congo – 15h
Uma vez por ano, no final de semana que antecede o carnaval, o Cordão Carnavalesco do Congo trilha pelas ruas da do bairro da Brasilândia e Morro Grande, tocando e cantando marchinhas e sambas nos moldes dos antigos carnavais.
Rua Raolino Galdino da Silva – Brasilândia


25/2 – Bloco Boca de Seberesqué – 14h
Organizado por grupos de cultura de Guaianases, o bloco sempre sai no sábado de carnaval com um enredo que faz uma análise política do momento atual.
Mercado Municipal de Guaianases – Rua Copenhague, 18

Cordão Carnavalesco Boca de Seberesqué (Divulgação)


 


25/2 – Bloco do Beco – 14h
Realizado desde 2002, o Bloco do Beco já é uma tradição no Jardim Ibirapuera, na zona sul. Este ano terá como atrações o Quilombo Cultural Ybira Samba, É Di Santo e Baque & Atitude.
Rua Salgueiro do Campo (Ponto final Jardim Ibirapuera).


25/2 – Recanto das Batucadas – 10h
No Recando das Batucadas tem lugar pra crianças, jovens e adultos do Recanto dos Humildes e desse mundão que precisa tanto de amor e alegria! Rua Argélia, s/n, Perus (região noroeste de São Paulo, próximo à estação de trem da CPTM, Linha 7-Rubi).



27/2 – Bloco Afro É di Santo – 15h

Com o tema “Mulheres Negras mãos femininas que tocam tambor”, o grupo de dança afro É di Santo percorrerá as ruas do Piraporinha, na zona sul, e contará com a participação dos grupos Coco de Oyá e Umoja.
Casa de Cultura do M’Boi Mirim – Av. Inácio Dias da Silva, s/nº


27/2 – Bloco Fígado de Aço – 15h

O tradicional Bloco Fígado de Aço, desfila há três anos na Estrada do M’Boi Mirim. Este ano haverá trio elétrico.
Estrada do M’Boi Mirim / Rua Campo Mourão


3/3 – Bloco na Mesma Batida – 16h20
Bloco Tradicional do bairro Jaraguá
Concentração na rua Antonio Sebastião Sobrinho – Parque Pan Americano
Império do Morro / Crédito: José Cícero da Silva / DiCampana

Império do Morro / Crédito: José Cícero da Silva / DiCampana


 

Comentários:

Comments are closed.