Por Redação | 19/01/2018

O debate e a reflexão sobre a violência contra a mulher devem ser feitos para que cada vez mais a sociedade reconheça as diversas formas de abuso. É assim, de forma sutil, que o espetáculo “Amanheceu” propõe abordar esse tema doloroso, mas necessário.

O monólogo ocorre neste sábado e domingo, no Sesc Campo Limpo, com espaço de diálogo e reflexão após a apresentação, que é gratuita.

Peça “Amanheceu” com Juliana Bebé

Crédito: Peça "Amanheceu" com Juliana Bebé. Divulgação Sesc Campo Limp

A peça conta a história de Maria da Silva, uma costureira, fã de música sertaneja. Ela passa as madrugadas trabalhando para entregar suas encomendas, tendo como companheiro fiel um rádio. Leva sua vida tranquilamente, com leveza e humor, até que numa noite acaba tomando conhecimento, através de seu rádio, de casos de violência contra a mulher. Assim, ela desperta para as ainda desconhecidas formas de violência das quais ela mesma foi vítima.

A responsável pelo monólogo Juliana Bebé tem 34 anos, e é formada em Artes Cênicas pela UFBA (Universidade Federal da Bahia). Com 17 anos de carreira esteve no elenco de peças reconhecidas no teatro baiano, como “Cama, Mesa e Banho”.

Sendo este seu primeiro trabalho solo, fruto de mais de três anos de pesquisa em gênero, focando a violência contra mulher.

Para retirar os ingressos é preciso comparecer ao local uma hora de antecedência.

 

Peça Amanheceu

Sáb 20/01/2018 até Dom 21/01/2018

Sesc Campo Limpo

R. Nossa Sra. do Bom Conselho, 120 - Vila Prel - 05749-300 - São Paulo - SP

Temas:

Local da notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *