No próximo sábado, dia 17 de março, a partir das 11h, mulheres dedicadas ao graffiti e à música ocupam a Favela Galeria, premiado projeto de arte que transformou o bairro de São Mateus, na zona leste, em um museu de arte a céu aberto. O evento realizado na Vila Flávia é gratuito e aberto ao público.

Os muros do bairro vêm ganhando colorido diferente desde 2009, quando o projeto Favela Galeria começou a ser desenvolvido. Em 2014, foi vencedor do na categoria “Territórios Culturais” do Prêmio Governador do Estado de São Paulo para a Cultura, quando era chamado “Galeria de Arte a Céu Aberto”. Já em 2016, a Favela Galeria foi uma das iniciativas contempladas pelo “Prêmio Almerinda Farias Gama”, da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial.

Muros de São Mateus são ilustrados com graffiti

Crédito: Divulgação

Intitulado “Ocupação Femi OPNI”, alusão ao grupo de graffiti OPNI, que faz a curadoria da Favela Galeria, o evento conta ainda com o lançamento de uma coleção esportiva feminina, a “Uniex by OPNI”, com peças estampadas por mulheres, principal inspiração para a arte desenvolvida pelos artistas do coletivo.

Na ocasião, Eliane Dias, empresária do Racionais MC’s, participa de roda de conversa em um dia repleto de atividades feitas por mulheres e dedicado ao público feminino. No roteiro do dia, além do bate-papo com a empresária, a Favela Galeria terá seu percurso de arte estendido com grafites feitos por mulheres, artistas de diferentes partes da cidade.

Além de conferir a live painting [pintura ao vivo], o público poderá participar de uma visita monitorada pelas ruas grafitadas, além de curtir uma tarde ao som da DJ Domênica Dias.

Favela Galeria é museu de graffiti a céu aberto em São Mateus

Crédito: Instagram @favelagaleria

 

AGENDA:

Favela Galeria apresenta “Ocupação Femi OPNI no mês da mulher”

Data: 17 de março (sábado), a partir das 11h.

Local: Favela Galeria – Rua Archangelo Archina, 587, São Mateus, São Paulo (SP)

Gratuito.

Temas:

Sobre a autora:

Lívia Lima

Jornalista, mestre em Estudos Culturais e moradora de Artur Alvim, zona leste de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *