O IDEAM – Instituto de Defesa e Apoio da Mulher – é uma ONG que atende na zona norte na sede da Prefeitura Regional Jaçanã Tremembé às terças e quintas das 13h30 às 16h, por ordem de chegada.

34444070352_67e95b918f_z

Créditos: Jacson do Espírito Santo (Flick/Creative Commons)

Confira quais são os serviços oferecidos:Advocacia social: orientação jurídica gratuita com encaminhamento aos órgãos;

  • Atendimento psicossocial: apoio às mulheres em situação de violência, visando o seu fortalecimento, informando e viabilizando acesso aos recursos existentes no serviço público;
  • Atendimento comunitário: recebimento e encaminhamento de reivindicações, reclamações, denúncias ou sugestões da comunidade, objetivando trazer melhorias para a região

“Vimos a necessidade de uma casa de acolhimento a mulher vítima de violência, que não pode voltar para casa, muitas vezes não tem familiar. Sabemos pelo número de mulheres que nós atendemos que o índice de violência aqui na região é muito alto. Temos abaixo assinado também para também para trazer uma delegacia da mulher anexa ao 73º Distrito Policial”, disse a advogada.

Anote o endereço

Av. Luís Stamatis, 300 – Vila Constança, São Paulo – SP
Telefone: (11) 96907-0282
E-mail: ideammlher@gmail.com
Atendimento às às terças e quintas das 13h30 às 16h

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

  1. Estamos trabalhando num blog, que relata depoimentos de mulheres que viveram violência doméstica.
    Estamos no RS estado machista, onde as mulheres ainda resistem a isto.
    Estou usando todo tipo de ajuda para divulgar.
    Acredito que possamos a ajudar outras mulheres.

    1. Sofri uma agressão em 1998, com 6 marretadas no o rosto e na cabeça, tive esmagamento no maxilar fiquei 4 dias no CTI passando por várias cirugias e infecções hospitalares. Em 2005 eu tive a causa ganha a qual ficou por R$45.000,00 a minha indenização e um plano de saude enquanto eu precisasse, como esse plano não foi definitivo ele tirou judicialmente e logo depois consegui ter esse plabonde volta que fiquei por mais de 3 anos, e hoje ele tirou o plano e não recebi a indenização que já está em uma quantia de R$260.000,00
      Preciso de ajuda e hoje eu estou doente por conta dessa agressão sem ter meio de tratamento e correndo risco de vida. Preciso de um órgão que me ajude a solucionar esses problemas o mais rapido possivel por conta da minua saúde