Por Redação | 23/06/2017

No próximo domingo, 25 de junho,  o Coletivo Kianda – Coletivo de Mães Pretas realiza em São Mateus, na zona leste de São Paulo, o encontro Do encarceramento ao genocídio: A luta das mães”. A atividade faz parte da campanha #30DiasPorRafaelBraga.

Créditos: Alê Inácio (Creative Commons/Flickr)

Leia mais:  Como a prisão de Rafael Braga também afeta as mulheres negras na periferia

No evento, as Mães em Luto da Leste se unirão aos jovens do Coletivo São Mateus em Movimento para um bate papo sobre as famílias dos presos, a dor materna e os vínculos envolvidos nesses casos, com objetivo de avançar nas discussões e na luta por humanização do negro em nosso país.

A advogada e pesquisadora Dina Alves, autora da tese “Rés negras, judiciário branco: uma análise da interseccionalidade de gênero, raça e classe na produção da punição em uma prisão paulistana”, fará a mediação desse encontro.

Do encarceramento ao genocídio: A luta das mães” #30DiasPorRafaelBraga

Data: 25 de junho, sábado

Horário: das 14 às 18h.

Local: Espaço São Mateus Em Movimento – R. Cônego José Maria Fernandes, 127, São Mateus, São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *