Neste domingo (21), os indígenas das Terras do Jaraguá, na região noroeste de SP, foram surpreendidos desde às 11h da manhã com um incêndio nos arredores do Parque Estadual do Jaraguá.

A região fica no alto do morro e o fogo se alastrou muito rapidamente. As chamas se aproximaram também de uma das aldeias do território, a Tekoa Itakupé, e perdurou até o período da noite, quando os indígenas, por si próprios, tentavam ainda apagar o remanescente de fogo.

O Corpo de Bombeiros já havia sido acionado à tarde, mas, segundo a população, eles disseram que não conseguiam adentrar a mata. À noite, foram de novo acionados.

“É o descaso do governo e dos órgãos públicos. A gente não tem noção de quem pedir ajuda. Foi queimada toda uma extensão, até perto da aldeia, das casas. O [ Corpo de] Bombeiros disse que não tinha como chegar até aqui com carro, mas nós chegamos e conseguimos amenizar a desgraça que seria na comunidade”, diz Ara Mirim, uma das lideranças das terras Guarani na região.

“Além de não nos ajudar em relação à Covid-19, tudo que está acontecendo no país e no mundo, as pessoas ainda não têm consciência, soltam balão, pois isso foi causado por balão”, disse Mirim no Instagram da Luta pelo Parque Jaraguá.

O ocorrido chegou aos Trend Topics do Twitter no domingo, com mais de 50 mil menções de apoio e tom de crítica também ao descaso do Estado frente à situação, que ocorre em meio à pandemia de Covid-19, afetando drasticamente os povos indígenas.

“É triste ver isso. A gente protege mesmo. Faz parte da nossa vida. A gente faz de tudo pela vida”, disse Ara Mirim, em vídeo para a Teia Documenta.

Apoio

Por conta do incêndio, a Tekoa Itakupé teve seus canos e mangueiras queimados, paralisando a circulação de água. Por isso, estão arrecadando doações. Para ajudar, as doações devem ser depositadas para:

Banco do Brasil/Agência: 0297-6/ Conta Corrente 074870-6/ Nome: Geni Vidal – CPF: 344.089.178-00.

Racismo Ambiental

Temas:

Local da notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *