Penha, o bairro da zl paulista que mora no coração de Anelis Assumpção 

Anelis é filha do músico Itamar Assumpção (1949-2003) e Elizena Assumpção.
A família fez morada no bairro da Penha, zona leste de São Paulo.

Foto: Arquivo Pessoal

Seguindo os passos do pai, Anelis Assumpção se tornou  cantora e compositora.
Aos 42 anos, a artista lançou 3 álbuns e 4 singles.

Meu pai nunca quis morar em outro bairro de São Paulo que não fosse na Penha

"

Minhas lembranças são maravilhosas, de uma criança que viveu onde era possível brincar na rua, sem perigos. Eu fazia tudo andando. Ia para escola, mercado, farmácia…conheci muito o bairro

"

Hoje a Penha é um bairro que tem centro cultural, teatro, shopping, comércios, bancos, Correios. Não é mais a periferia que foi quando eu era criança

"

Hoje eu não posso dizer que sou uma mulher da periferia, porque eu não vivo na periferia. Mas isso não significa que eu não possa voltar

"

Ser nascida e criada na periferia traz pra mim valores que nunca sairão. Da minha personalidade, meu caráter, minha compreensão de mundo.Tenho valores que só a periferia pode dar

"

Para Anelis, a cidade é inspiração para seu trabalho artístico. 

São Paulo me inspira em tudo. Em crescimento, em possibilidade. É uma poesia caótica, é uma cidade complexa e fundamental pro Brasil

"

Anelis coordena o Museu virtual em homenagem a seu pai, Itamar Assumpção.

A importância extrapola a própria vida e o corpo do Itamar. Joga luz sobre o apagamento das histórias negras no Brasil

"

Foi inaugurada na Penha a estátua de Itamar Assumpção. Anelis tem a intenção de transformar o museu virtual em um espaço físico.

É um projeto bem maior, mas a gente não vai desistir!

"

Clique aqui