Preservativos podem ser retirados gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e nos Serviço de Atendimento Especializado em Doenças Sexualmente Transmissíveis (SAE/DST)

Uma camisinha custa em média de R$ 3 a R$ 9 ou mais. Para as mulheres que não querem ou não tem como pagar esse valor, o Nós tem uma super dica: os preservativos podem ser retirados gratuitamente no posto de saúde mais próximo da sua casa ou em centros especializados, conhecidos como SAE/DST. A lista completa dessas unidades especializadas pode ser acessada aqui.

Para além de informar sobre o serviço, fomos conferir como é a distribuição de preservativos no posto de saúde na Vila Menck (Carapicuíba- Grande SP) e visitamos também o Serviço de Atendimento Especializado em Doenças Sexualmente Transmissíveis (SAE/DST) do Mandaqui (zona norte de SP) e contamos tudo para você. 

Visita ao SAE/DST Mandaqui

O Serviço de Atendimento Especializado em Doenças Sexualmente Transmissíveis (SAE/DST) oferece testes para diagnóstico de Sífilis, Hepatites e do vírus da AIDS. Atendem quem vai direto ao local e quem foi encaminhado pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos bairros.

O SAE Mandaqui localiza-se nos altos de Santana e é rodeado por prédios de classe média alta, mas que atrai pessoas de várias periferias que utilizam os serviços públicos.

Na recepção há dois cestos de preservativos masculinos. As pessoas podem pegar quantos quiserem. Algo que alguns anos atrás era impensável. (LEIA A CRÔNICA DE PRISCILA GOMES). O SAE também distribui preservativos femininos, mas como eles são entregues em menor quantidade não ficam disponíveis nos cestos, e devem ser solicitados às atendentes do SAE, que os disponibilizarão se os tiverem em estoque.

Empresas e ONGs podem solicitar preservativos para distribuição em suas unidades. Para isso é necessário redigir um ofício justificando o pedido e o entregando com antecedência para a direção do SAE que vai separar e entregar os preservativos solicitados.

Antes de fazer a coleta dos exames é necessário que a pessoa passe pelo aconselhamento onde responderá a uma pesquisa.

DICA: são distribuídas apenas 20 senhas por dia, sendo 10 no período da manhã e 10 no período da tarde.

É mais fácil conseguir o atendimento indo no início do dia, no atendimento da manhã, ou no início da tarde, a procura pode ser grande e as senhas acabarem cedo.

Serviço:

O SAE Mandaqui está localizado na rua Dr. Luiz Lustosa da Silva, 339, próximo a um hospital público, Complexo Hospitalar Mandaqui e na rua de baixo de um hospital particular, o Hospital São Camilo.

Horário de atendimento: 7h às 11h e das 14h às 18h.

camisinha

 

UBS Vila Menck Carapicuíba

Nas UBS dos bairros geralmente há três tipos de atendimento: Pediatra que atendem crianças (0 a 12 anos) e adolescentes (12 a 18 anos), clínico geral e ginecologista. Geralmente os clínicos gerais encaminham para outras especialidades se necessário.

Nas UBS também é possível a retirada de preservativos. Na Vila Menck, em Carapicuíba, diferentemente do centro especializado do Mandaqui, o material não fica exposto para que qualquer um possa ter acesso. As camisinhas ficam no setor de retirada de medicamentos que funciona das 7h às 16h, e fecha uma hora mais cedo do horário de funcionamento da UBS. O Nós foi até o posto e não conseguiu retirar o material no dia da visita, pois o setor já estava fechado.

A médica de plantão disse que iria reservar uma quantidade e deixar separado para ser pego no dia seguinte. Voltamos lá e as atendentes nos forneceram o material em grande quantidade.

 

No seu bairro funciona?

Caso você encontre alguma dificuldade em retirar as camisinhas, ou queira relatar como é a distribuição na UBS próxima a você, conte para o Nós, mulheres da periferia que a gente te ajuda a denunciar e fazer valer os nossos direitos. Mande seu relato para o contato@nosmulheresdaperifeira.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *