Eu não mereço ter medo

  “Me preparo para sair. Batom vermelho. Sombra, top e minissaia. Minutos antes do tchau, meu pai me chama a atenção. Aponta a porta do guarda-roupa e diz que filha dele não pode sair de sainha. Retruco. Não adianta. Minha mãe tenta consertar. O medo de seu pai, filha, é que algum doido por aí … Continue lendo Eu não mereço ter medo