A cantora independente Larissa Alves estreia o clipe do primeiro single da sua carreira solo nesta terça-feira, 19. A música “Banzo de doer” já está disponível nas plataformas digitais (Deezer, Spotify, Amazon, iTunes, Apple Music, Google Play, Napster, Tidal) e o clipe vai para o YouTube nesta terça, 19 de dezembro. A música autoral fala sobre o estranhamento vivido por uma baiana em São Paulo e sua adaptação em uma cultura diferente da sua.

Banzo (do quimbundo mbanza, “aldeia”) era como se chamava o sentimento de melancolia em relação à terra natal e de aversão à privação da liberdade praticada contra a população negra no Brasil na época da escravidão. Foi também uma prática comum de resistência aos maus tratos e ao trabalho forçado.

“A música nasceu em forma de resposta a toda a dor e conflito interno experimentado na nova realidade; conta para as pessoas da terra natal como é estar aqui, mas também diz para os conterrâneos que estamos juntos. Aprendi em São Paulo o conceito de atravessar pontes, e o que eu entendi é que, nós, mulheres, negras, nordestinas, periféricas, temos que atravessar todas as pontes que quisermos”, explica Larissa.

A cantora conta que fez questão que a gravação do disco acontecesse em Salvador. “Como bem definiu o produtor musical que escolhi pra fazer esse trabalho comigo, Átila Santtana, som também tem sotaque, por isso optei por gravar o single na Bahia. O sotaque do meu som é soteropolitano”.

Átila, além de produtor, também assina as guitarras e teclado da faixa, que conta com a participação de grandes músicos de Salvador, como Alan Dugrave e Iuri Carvalho, além do saxofonista fluminense Vinicius Chagas.

O clipe, dirigido por Vinicius Bopprê, foi filmado no centro paulista e na cidade de  Mongaguá, litoral sul de São Paulo. O roteiro brinca com a ideia da projeção: como a maioria das pessoas imagina que é morar em São Paulo e como é realmente, especialmente para quem sofre com o banzo.

Larissa Alves, nascida em Ilhéus, criada em Mata de São João e crescida na Boca do Rio, bairro popular de Salvador, é relações públicas e mora em São Paulo desde 2012. Como artista, se apresenta no projeto “Baianidades” com sua banda na festa mensal Baianá, da NossaCasa Confraria das Ideias (Vila Madalena – SP), e integra a banda de forró “O Baile”, que se apresenta em diversos espaços da capital paulista. Além de cantora e compositora, Larissa estuda no curso livre de Percepção Musical na EMESP Tom Jobim (Escola de Música do Estado de São Paulo) e faz aulas de teoria musical e violão.

Ficha Técnica da música:

Larissa Alves – Voz e Composição
Vinicius Chagas – Sax e Flauta
Alan Dugrave – Baixo
Iuri Carvalho –  Bateria
Tadeu Mascarenhas – Teclados
Átila Santtana – Guitarra e Teclados
Gravado no Estúdio Casa das Máquinas e Estúdio Ilha de Criação
Produzido e mixado por Átila Santtana no Estúdio Ilha de Criação
Masterização por Tadeu Mascarenhas no Estúdio Casa das Máquinas

Ficha Técnica do clipe:

Concepção Artística: Larissa Alves e Vinícius Bopprê
Roteiro e Direção: Vinícius Bopprê
Direção de Fotografia: Vitor Sardeiro
Coreografia e Direção de Movimento: Priscila Borges e Tainara Cerqueira
Produção: Anderson Meneses
Assistentes: Diogo Perez e Henrique Marchizelli

Banzo de Doer está disponível em:
Amazon
Deezer
Google Play
ITunes
Spotify

Temas:

Sobre a autora:

Lívia Lima

Jornalista, mestre em Estudos Culturais e moradora de Artur Alvim, zona leste de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *